terça-feira, 19 de setembro de 2017

Atenção, comerciários e comerciárias!

SINDEC CANOAS OBTÉM LIMINAR PROIBINDO COMERCIAL SÃO JOÃO (Casa Maria) LOJAS LEBES E CAMISARIA COLOMBO DE ABRIREM NOS FERIADOS EM GRAVATAÍ

   Em decisão da Justiça do Trabalho de Gravataí as referidas empresas estão proibidas de abrirem nos feriados. A liminar já vale para manhã, 20 de Setembro, e foi conquistada pelo assessoria jurídica do sindicato por não haver cláusula em acordo coletivo prevendo a abertura nos feriados.
  Para o presidente do Sindicato, Antônio Fellini, "o Sindec Canoas foi atuante na defesa dos interesses da categoria, buscando a Justiça do Trabalho como forma de assegurar os direitos dos trabalhadores".       

   Confira as liminares, abaixo:










sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Um novo espaço para a imaginação

   A Escola Infantil Pequeno Comerciário tem, agora, um novo espaço diferenciado para a criançada contando com: biblioteca, videoteca e espaço para a Hora do Conto.
   Neste lugar, os pequenos vão ter momentos de conhecimento e pura imaginação, principalmente, quando ouvirem e participarem da atividade da Hora do Conto.
     Comerciários e comerciárias, podem ter certeza, seus filhos são tesouros que cuidamos e educamos com muito carinho, a cada dia tentando proporcionar novas e maravilhosas experiências!




sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Sindec Canoas paga 1ª parcela de acordo com as empresas Paquetá

Iniciou-se na segunda-feira, 7/8, o pagamento da 1ª parcela das oito acordadas entre Sindicato e as empresas Paquetá, da indenização devida a 208 vendedores que estavam em desvio de função, resultando de processo movido pelo Sindec Canoas, datado de novembro/11.
O próximo pagamento será no início de setembro, em data a ser definida e deverá acontecer na sede sindical onde o trabalhador resida, Canoas, Cachoeirinha ou Gravataí, com divulgação em edital a ser afixado em cada uma das 14 lojas da rede..
Matéria completa, inclusive, com as impressões do presidente Antonio Felinni e do diretor Antenor Federizzi, no Informativo dos Comerciários que será lançado em breve.





sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sindec Canoas participa da manifestação contra as Reformas do governo Federal

A chuva não desanimou o Sindec Canoas a participar neste dia 30/6, junto com o movimento sindical, da paralisação e mobilização na luta contra as Reformas Trabalhista e da Previdência Social e na defesa dos trabalhadores. A manifestação começou cedo na BR 116 e, em seguida, rumou para o centro da cidade.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Reforma Trabalhista em tramitação no Senado Federal

A Reforma Trabalhista (PLC 38/2017) já passou pela CAE - Comissão de Assuntos Econômicos, no dia 13/6, onde foi aprovada e pela CAS - Comissão de Assuntos Sociais, em 20/6, onde foi rejeitada.
Com informações apuradas junto à Agência Senado, a reunião de líderes decidiu realizar hoje a leitura do parecer na CCJ - Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal. Ficou definido, ainda, que haverá duas audiências públicas sobre o tema em 27 de junho.
A votação na Comissão será no dia 28 de junho e, posteriormente, irá para apreciação e votação no plenário em 5 ou 12 de julho.
Por isso, divulguem para que os colegas ajudem a pressionar os membros da Comissão de Constituição e Justiça a votarem contra PL da Reforma Trabalhista.
COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA DO SENADO
Titulares
PMDB
• Edison Lobão (PMDB/MA) – presidente
edison.lobao@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2311 / 2312 / 1989 / 2755
• Eduardo Braga (PMDB/AM)
eduardo.braga@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6230 / 6227
• Jader Barbalho (PMDB/PA)
jader.barbalho@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-9826 / 9831 / 9827 / 9832
• Simone Tebet (PMDB/MS)
simone.tebet@senadora.leg.br
Tel.: (61) 3303-1128
• Valdir Raupp (PMDB/RO)
valdir.raupp@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2252 / 2253
• Marta Suplicy (PMDB/SP)
marta.suplicy@senadora.leg.br
Tel.: (61) 3303-6510 / 6514
• José Maranhão (PMDB/PB)
jose.maranhao@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6490 / 6485

PDT
• Acir Gurgacz (PDT/RO)
acir@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-3131 / 3132

PSDB
• Antonio Anastasia (PSDB/MG) – vice-presidente
antonio.anastasia@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-5717
• Flexa Ribeiro (PSDB/PA)
flexa.ribeiro@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2342

DEM
• Maria do Carmo Alves (DEM/SE)
maria.carmo.alves@senadora.leg.br
Tel.: (61) 3303-1306 / 4055
• Ronaldo Caiado (DEM/GO)
ronaldo.caiado@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6439 / 6440 / 6445

PP
• Benedito de Lira (PP/AL)
benedito.lira@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6148 / 6149 / 6151
• Wilder Morais (PP/GO)
wilder.morais@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2092 / 2093 / 1809 / 2099 / 2964

PSD
• Lasier Martins (PSD/RS)
lasier.martins@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2323

PSB
• Antonio Carlos Valadares (PSB/SE)
antoniocarlosvaladares@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-2201 / 2203 / 2204 / 1786
• Roberto Rocha (PSB/MA)
robertorocha@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-1437 / 1506

Rede
• Randolfe Rodrigues (Rede/AP)
randolfe.rodrigues@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6568 / 6567 / 6574

PTB
• Armando Monteiro (PTB/PE)
armando.monteiro@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6130

PR
• Magno Malta (PR/ES)
magno.malta@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-4161 / 5867 / 1656

PRB
• Eduardo Lopes (PRB/RJ)
eduardo.lopes@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-5730 / 5225 / 2211 / 5290

PT
• Jorge Viana (PT/AC)
jorge.viana@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6366 / 6369
• José Pimentel (PT/CE)
jose.pimentel@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-6390 / 6391
• Fátima Bezerra (PT/RN)
fatima.bezerra@senadora.leg.br
Tel.: (61) 3303-1777 / 1884
• Gleisi Hoffmann (PT/PR)
gleisi@senadora.leg.br
Tel.: (61) 3303-6265
• Paulo Paim (PT/RS)
paulopaim@senador.leg.br
Tel.: (61) 3303-5232 / 5231 / 5230


Foto: Senado Federal - CCJ - 21/6/17

quarta-feira, 31 de maio de 2017

O dia 24 de maio de 2017 entrou para a história

Esqueça tudo o que você ouviu e viu através dos veículos de comunicação a respeito da "baderna" que aconteceu em Brasília na marcha dos trabalhadores, o #OcupaBrasília, que da quarta-feira, 24/5, passou longe de resumir-se só a isso.
O Sindec Canoas, representado pelo presidente Antônio Fellini e pelo diretor Antenor Federizzi, estava lá e testemunhou uma manifestação ordeira de mais de 130 mil pessoas, "gritando" contra as reformas e pela manutenção dos direitos de todos os trabalhadores e população brasileiros.
Até hoje não se sabe exatamente como meia dúzia de "mascarados" infiltraram-se na linha de frente da passeata, muito menos quem eram eles e de onde vieram, mas o fato é que a mobilização contra as reformas ocupou mais de cinco quilômetros ao longo das avenidas de Brasília e, isso sim, deveria ser notícia em toda a imprensa nacional.

Além de mostrar algumas imagens do evento, o Sindicato quer registrar que, onde estiver alguém lutando pelos direitos dos trabalhadores, estaremos juntos, enfrentaremos o que for preciso e juntaremos nossa força na busca por dias melhores para todos!

terça-feira, 18 de abril de 2017


PISO MÍNIMO REGIONAL 2017 SERÁ VOTADO HOJE

Está programada para hoje à tarde, 18/4, a votação do reajuste do Piso Mínimo Regional 2017, na Assembleia Legislativa do RS.
A correção do mínimo regional foi definida pelo governo Sartori no início deste ano em 6,48% e se for aprovado, sem emendas ou ressalvas, a menor passará de R$ 1.103,66 para R$ 1.175,15; e a maior de R$ 1.398,65 a R$ 1.489,24. O projeto compreende cinco faixas salariais.

Cabe ressaltar que as centrais sindicais pediram 10,45%, portanto, este percentual de 6,48% desagradou profundamente aos sindicalistas, que conseguiram o apoio do deputado Elton Weber (PSB) para apresentar uma emenda ao projeto, acrescentando 1,52% à correção do mínimo regional, a partir de março, com o intuito de, pelo menos, minimizar o prejuízo dos trabalhadores.

sexta-feira, 24 de março de 2017

COM APOIO DO SINDEC CANOAS FUNCIONÁRIOS DAS FARMÁCIAS ECONÔMICAS PARALISAM POR UM DIA

Chegar ao mês de março e sequer ter recebido o salário de janeiro. Você já imaginou estar nesta situação, em que não consegue pagar o aluguel, comprar comida e ter de depender de outras pessoas para sobreviver? Pois é isso que estão passando os funcionários das Farmácias Econômicas, em Canoas e que procuraram o jurídico do Sindec Canoas para ver o que é possível fazer.
Como se não bastasse a falta de pagamento de salário de algumas pessoas, outras estão voltando de férias sem receber nada e unidades sendo fechadas de uma hora para outra.
Assim, o Sindicato encampou a luta e negociações ao lado dos comerciários e, nessa quinta, 23/3, aconteceu uma assembléia e um dia de paralisação onde os funcionários das farmácias reuniram-se com o presidente Antonio Fellini e direção do Sindec no CD da Berto Sírio, como pode ser conferido nas fotos.

A luta é dos comerciários, a luta é do Sindicato. Todo o apoio aos trabalhadores nas negociações com as Farmácias Econômicas para que esta situação seja revertida o mais breve possível.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O SINDEC CANOAS ALERTA!

Os deputados federais vão começar o ano legislativo em fevereiro na expectativa de duas reformas que prometem causar polêmica: a reforma da Previdência (PEC 287/16) e a já anunciada reforma trabalhista. As duas compõem a pauta prioritária do governo de Michel Temer.
Enquanto as reformas não chegam ao Plenário, os parlamentares deverão analisar as medidas provisórias encaminhadas pelo Poder Executivo.
As mudanças na aposentadoria já estão na Câmara e serão discutidas por uma comissão especial antes de ir a voto em Plenário. O texto altera a idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres e também determina piso e teto para o pagamento de benefícios, mudanças que alteram as regras tanto para o setor público quanto ao setor privado. Há duas exceções: os trabalhadores que já têm condições de se aposentar pelas regras atuais; e os homens com mais de 50 anos e as mulheres com mais de 45 anos.
A oposição promete combater as mudanças propostas em todas as esferas. “Não vai ter trégua na luta contra a reforma da Previdência”, disse o líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP). O partido já entrou com uma ação pedindo a suspensão da campanha televisiva do governo federal que defende as mudanças na aposentadoria.
“É o primeiro ato contra essa reforma. O governo está gastando milhões em uma propaganda enganosa, com o objetivo de intimidar, uma propaganda que gera medo na população e pressiona o povo e os parlamentares com terrorismo. É uma propaganda acintosa com objetivos políticos”, afirmou Zarattini.
O líder do governo, deputado Andre Moura (PSC-SE), disse que a reforma da Previdência é a prioridade do Executivo para o começo do ano. “Estamos em um país com a Previdência prestes a falir. O Parlamento tem de tomar uma posição republicana, esquecer as questões políticas e discutir a reforma da Previdência”, afirmou.
Moura disse que os governistas vão combater os contrários à reforma com dados econômicos. “A oposição não tem compromisso com o futuro do País. Vamos mostrar a importância da aprovação da PEC. Caso contrário, daqui a 20 anos, não teremos dinheiro para investimentos, somente para cobrir o deficit das contas da Previdência”, disse.

Relações trabalhistas
Em relação às mudanças nas relações trabalhistas, já está no Congresso a medida provisória que permite o saque de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) inativas até 31 de dezembro de 2015. A proposta (MP 763/16) ainda deve passar por comissão mista antes de chegar ao Plenário.
A Câmara também analisa o projeto de lei que determina a prevalência de acordos e convenções coletivas entre patrões e empregados sobre a legislação (PL 6787/16). Havia expectativa de que a proposta fosse enviada em regime de urgência, o que não ocorreu, já que o governo vai concentrar esforços na reforma da Previdência antes das mudanças trabalhistas.
Fonte: Agência Câmara